Um grande documento histórico – 1967

Nota do blog: Para se entender melhor o processo de luta de duas linhas (revolucionária/proletária X reacionária/burguesa) dentro do Partido Comunista da China e o papel da Grande Revolução Cultural Proletária nesta luta, assim como relembrar essa grande experiência de “poder para o povo”, reproduzimos o texto a seguir, traduzido por Igor Diaz. Exprime-se acerca dos acontecimentos desta época – como por exemplo os posicionamentos reacionários do revisionista Peng Chen – tanto quanto sobre o poder que as massas populares desempenharam na Revolução Cultural, colocando abaixo ao poder da burguesia que se infiltrara no Partido Comunista e no Estado popular da China. Segue:

Estudantes proletários tomam as ruas em manifestação durante a Grande Revolução Cultural Proletária.
 

Continuar lendo “Um grande documento histórico – 1967”

Canção revolucionária dos camponeses pobres

Canção de Zé Bentão, falecido dirigente camponês da LCP de Rondônia (Liga dos Camponeses Pobres). Zé Bentão escrevia e compunha sempre que tinha em suas mãos sua viola e criativas perspectivas revolucionárias; suas músicas inspiram e hão de inspirar, cada dia mais, todos os brasileiros progressistas e patriotas, do campo e da cidade, a marcharem em unidade à Revolução!
ZÉ BENTÃO VIVE!
VIVA A LIGA DOS CAMPONESES POBRES!
VIVA A REVOLUÇÃO AGRÁRIA!

Continuar lendo “Canção revolucionária dos camponeses pobres”

“Análise concreta das condições concretas”: um estudo da relação entre o Partido dos Panteras Negras e o maoísmo

Nota do blog: Este artigo é interessante de ser estudado para se compreender a natureza dos Panteras Negras, as razões pelas quais é justo reivindicá-lo como uma organização das massas populares negras no USA, principalmente juventude, e cuja experiência demonstra a energia revolucionária dessas massas de combater o velho Estado imperialista ianque, travando luta armada contra as forças policiais genocidas em um ambiente completamente vigiado, militarizado e na cidadela do inimigo, botando muitos argumentos revisionistas de negação da luta para debaixo do chinelo. Faltou a essas massas e aos Panteras Negras um partido maoista do proletariado norte-americano para conduzir a luta de classes e destruir o imperialismo ianque e libertar os povos, inclusive a população preta.

 

Continuar lendo ““Análise concreta das condições concretas”: um estudo da relação entre o Partido dos Panteras Negras e o maoísmo”

Análise das Classes na Sociedade Chinesa (Mao Tsetung)

 

Presidente Mao Tsetung

 

 

Nota do blog: “Análise das classes na sociedade chinesa” é um artigo do Presidente Mao, escrito um ano antes da primeira Guerra Civil chinesa dirigida pelo Partido Comunista, no qual analisa de forma material e bastante coerente as estruturas de classe de toda a sociedade chinesa, as classes da cidade e do campo. Evocamos este texto tendo em vista a confusão que causa em nosso país, semicolonial e semifeudal assim como a China de 1926 (em diferentes proporções), a questão da pequena-burguesia e a Revolução. Este texto é claro ao afirmar quem são os aliados e os inimigos durante a Revolução, quais são as características fundamentais de cada aliado e suas fraquezas, etc.. Segue o texto para este fim, portanto, retirado do Marxists Internet Archive.

Continuar lendo “Análise das Classes na Sociedade Chinesa (Mao Tsetung)”