Crítica à teoria do “amor livre”

Nota do blog: Artigo do companheiro Igor Mendes sobre a teoria do “amor livre” e a objetificação das relações sociais e humanas. Publicado no Jornal A Nova Democracia nº 162 (primeira quinzena de dezembro de 2015).

Continuar lendo “Crítica à teoria do “amor livre””

Anúncios

Opinião: “A maior virtude do revolucionário é a paciência”

Nota do blog: Em virtude dos cada vez mais pertinentes debates entre os “marxistas” (leia-se ‘debatedores de internet’) e indivíduos com pensamentos políticos vacilantes e atrasados, a autoria em questão, companheira Isabel Elina*, dedica algumas linhas à crítica. Levando em conta que tais “marxistas” mais parecem estar interessados em inflar o próprio ego do que contribuir para o crescimento politico dos demais, a companheira alerta para o afastamento que este tipo de conduta promove, gerando uma impressão de vulgaridade do marxismo e um crescente afastando dos indivíduos em geral da causa do comunismo. A companheira, portanto, aponta para a necessidade da paciência, da conduta comunista de educar através da fraternidade e não da hostilidade, levantando alto a consigna de “servir ao povo de todo coração!”. Texto destinado à seção Opiniões.

Continuar lendo “Opinião: “A maior virtude do revolucionário é a paciência””

Como compreender a Revolução Peruana e a Guerra Popular

Nota do blog: Artigo produzido pelo Núcleo de Estudos do Marxismo-leninismo-maoísmo-Brasil sobre a questão do Peru, da Guerra Popular no Peru e de subtemas tocantes à questão do Pensamento Gonzalo e do maoísmo. Publicado originalmente como fragmento do texto “17 de maio: Trinta anos de Guerra Popular no Peru”, retirado do Jornal A Nova Democracia (nº 65, maio de 2010).

Continuar lendo “Como compreender a Revolução Peruana e a Guerra Popular”