OPINIÃO: “O monopólio da mídia e controle ideológico das massas”

Nota do blog: Texto nos enviado pelo leitor Gabriel Coelho de Freitas, expondo sua opinião sobre a impossibilidade de haver imparcialidade da mídia mediante os confrontos entre os interesses do povo e do velho Estado. Reproduzimos a opinião do companheiro, destinado à Seção Opiniões.

Continuar lendo “OPINIÃO: “O monopólio da mídia e controle ideológico das massas””

Anúncios

A tarefa combatente no confronto dos trabalhadores na Filosofia e nas Ciências Sociais (China, 1963)

Nota do blog: Publicamos a seguir, com satisfação, a matéria “A tarefa combatente no confronto dos trabalhadores na Filosofia e nas Ciências Sociais” [link original, em inglês], que é uma síntese do discurso proferido por Zhou Yang durante a Quarta Sessão Ampliada do Comitê do Departamento de Filosofia e Ciências Sociais da Academia Chinesa de Ciências, de 26 de outubro de 1963. Já a matéria, publicada em Pequim no mesmo ano, foi editada pessoalmente pelo Presidente Mao Tsetung. Traduzido ineditamente para o português pelo nosso núcleo de colaboração.

a156a-chinese-poster-dazibao-bombingthecapitalistheadquarters-1976
As ciências, a filosofia e as artes foram diretamente conduzidas pelas massas armadas com o Marxismo-Leninismo Pensamento Mao Tsetung e dirigidas pelo Partido Comunista, durante a Revolução Cultural Proletária.

Continuar lendo “A tarefa combatente no confronto dos trabalhadores na Filosofia e nas Ciências Sociais (China, 1963)”

Do ponto de vista teórico, nós devemos derrotar a onda do Pensamento Antimarxista (China, 1959)

Nota do blog: Publicamos a seguir uma matéria escrita na China, antecedendo aos grandes movimentos de massas que varreriam os quarteis generais da burguesia e dos revisionistas. Daqui temos um ótimo retrospecto da luta anterior à GRCP que foi travada entre as linhas dentro do PCCh, e, sobretudo, entendermos o papel da ideologia e da linha política no socialismo. Traduzido pelo nosso núcleo de colaboradores.

Continuar lendo “Do ponto de vista teórico, nós devemos derrotar a onda do Pensamento Antimarxista (China, 1959)”

Fogo nos sertões (D. Aroeira)

Nota do blog: Publicamos a seguir dois textos muito interessantes acerca da visão comunista dos problemas e questões climáticas do sertão brasileiro, publicados em A Nova Democracia (nº 161, 2ª quinzena de novembro de 2015 e nº 163, 2ª quinzena de dezembro/1ª quinzena de janeiro de 2016 – respectivamente), assinado por D. Aroeira.

Continuar lendo “Fogo nos sertões (D. Aroeira)”

Acerca da ditadura onímoda sobre a burguesia (Chang Chun-chiao)

20131012050119906
Chang Chun-chiao sendo “julgado” no teatro montado pelos revisionistas. Sua postura combativa, olhar frio e exalando moral comunista e desprezo pelos malditos revisionistas, ficou mundialmente expressa nesta foto.

Nota do blog: Este artigo foi escrito pelo grande dirigente proletário marxista-leninista-maoista chinês Chang Chun-chiao (ou Zhang Chunqiao), que teve destaque durante as lutas do proletariado contra os quarteis generais da burguesia na Grande Revolução Cultural Proletária; o artigo, publicado originalmente na revista Hongqi, no. 4, data 1975.
Aqui, Chang Chun-chiao trata da necessidade, durante o socialismo e mediante a ditadura do proletariado, de fechar o cerco contra a burguesia e o revisionismo que lhe é anexo e aplicar a ditadura onímoda contra a burguesia. Tal artigo converte-se numa das mais brutas riquezas teóricas que produziu a experiência da luta encarniçada do proletariado chinês contra a restauração nos longos anos da Grande Revolução Cultural.
Sobre Chang Chun-chiao, ele foi encarcerado durante o golpe revisionista de 1976.

Traduzido pela colaboração do blog. 

Continuar lendo “Acerca da ditadura onímoda sobre a burguesia (Chang Chun-chiao)”

Camponeses delatados repudiam MST (AND, 2005)

Nota do blog: Denúncia ao oportunismo da cúpula dirigente do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) publicada originalmente no jornal A Nova Democracia (nº 24, 2005). Com esta denúncia, buscamos expor a direção do MST como o que ela é: contrarrevolucionária, braço esquerdo do INCRA e inimiga deliberada dos interesses das massas camponesas por um lado, e, por outro lado, se mostra cada vez mais descaradamente uma verdadeira camisa-de-força para impedir a liberação de toda a energia criadora e revolucionária das massas camponesas ainda crentes no projeto falido de “reforma agrária” do velho Estado gerenciado pelo PT.

Continuar lendo “Camponeses delatados repudiam MST (AND, 2005)”