Carta de Mao Tsetung a Chiang Ching (maio-junho de 1976)

Nota do blog: Carta de Mao Tsetung a Chiang Ching, a 2-3 meses de seu falecimento, formatado em poema, declarando o que pensa e sente sobre o futuro da revolução chinesa e a respeito da própria Chiang Ching.


Carta para Chiang Ching

Maio/junho de 1976.

Fui enganado.
Estamos nos separando em dois mundos.
Que cada qual encontre sua paz.
Estes poucos caracteres podem ser minha última mensagem a Ti…
A vida de um homem tem limites.
Mas a revolução não tem
Na luta dos passados dez anos intentei alcançar a cúspide da revolução. Mas tenho fracassado…
Talvez tu possa alcançar a cimeira
Se fracassar cairá em um abismo insondável. Teu corpo se fará em pedaços, teus ossos quebrarão…
Nenhum acordo com os outros é bom…
Se a lâmina se volta, e eu creio que se voltou, contra a revolução.
Uma vez mais será necessária A guerra de guerrilhas…
De novo Yenán…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s