Assassinatos não vão parar a luta pela terra! (LCP – Pará e Tocantins, LCP – Rondônia e Amazônia Ocidental, Comissão Nacional – LCP)

Retirado de resistenciacamponesa.com

Hino da Revolução Agrária:

“… se a gente morrer nessa luta,
o sangue será uma semente,
justiça vamos conquistar,
a história não falha,
nós vamos ganhar! …”

rosenildo-260x150Rosenildo, desfraldando a bandeira da LCP

O Companheiro ROSENILDO PEREIRA DE ALMEIDA, 44 anos, foi executado à tiros na noite da última sexta-feira, dia 7 de julho de 2017, em Rio Maria, Pará, onde residiam seus familiares.

Continuar lendo “Assassinatos não vão parar a luta pela terra! (LCP – Pará e Tocantins, LCP – Rondônia e Amazônia Ocidental, Comissão Nacional – LCP)”

Comunicado do Partido Comunista do Peru (junho de 2017)

Nota do blog: Publicamos tradução de importante comunicado do PCP onde informa-se um exitoso ataque contra a Polícia Nacional peruana no VRAEM que deixou 10 feridos. A Reorganização Geral do PCP está a todo vapor culminando-a brilhantemente, fruto de mais aplicação do marxismo-leninismo-maoísmo pensamento gonzalo, principalmente pensamento gonzalo e mais guerra popular.


Mensagem do PCP contra as festas dos vende-pátrias e genocidas encabeçados pelo ianque Kuczynski

Enviamos fotos contra o imperialismo ianque e vejam que na semana passada o PCP golpeou a reação no VRAEM, e disseram que era [a operação] para capturar um lumpen e que [os guerrilheiros] eram narcoterroristas, tudo para esconder a luta de classes e o papel do PCP e da guerra popular que este desenvolve. Ponham nota ou informe de imprensa da reação aparecida no diário Correo, que suas festas de vende-pátrias e genocidas encabeçada pelo governo do ianque Kuczynski, genocida-fascista e vende-pátria, sejam golpeadas pela incessante guerra popular e acompanhada pelo incremento e potencialização da luta do povo, como anunciou e traçou esse caminho vitorioso nosso Presidente Gonzalo.

Continuar lendo “Comunicado do Partido Comunista do Peru (junho de 2017)”

Sobre a atual situação na Venezuela – Parte III Seção III

Nota do blog: Seguimos com a publicação da importante análise dos camaradas da Associação de Nova Democracia – Hamburgo.

Seção III

Sobre a situação da Venezuela: Uma leitura crítica do artigo “Venezuela: A crise econômica de 2016, de Manuel Sutherland”

Continuamos abordando a situação da Venezuela a partir de uma leitura crítica do artigo“Venezuela: a crise econômica de 2016, de Manuel Sutherland”, publicado em sinpermisso, em 31/08/2016. Manuel é pesquisador do Centro de Pesquisa e Formação Operária (CIFO, em espanhol) e professor que sofreu represália da Universidade Bolivariana da Venezuela.

 Aprofundamento do capitalismo burocrático e maior ruína da economia do país (queda continuada da produção e da produtividade)

Continuar lendo “Sobre a atual situação na Venezuela – Parte III Seção III”

Brasil (FRDDP): Declaração sobre os protestos contra o G-20 em Hamburgo

Retirado de Associação de Nova Democracia Nuevo Peru ( Hamburgo, Alemanha)

 

Proletários e povos oprimidos de todo o mundo, uni-vos!

Declaração sobre os protestos contra o G-20 em Hamburgo

Viva a união do proletariado e povos do mundo contra o imperialismo!

 

“A revolução mundial somente pode triunfar se o proletariado dos países capitalistas apoiarem a luta de libertação dos povos coloniais e semicoloniais, e se o proletariado das colônias e semicolônias apoiem a luta libertadora do proletariado dos países capitalistas”.

Presidente Mao Tsetung,  Em memória de Norman Bethune

Continuar lendo “Brasil (FRDDP): Declaração sobre os protestos contra o G-20 em Hamburgo”

Alemanha: Algumas notas referentes às atividades da Aliança Antiimperialista durante o Encontro do G20 em Hamburgo

Recebemos com júbilo e otimismo proletários o balanço dos camaradas que verteram conscientemente seu sangue no cumprimento dos planos estabelecidos, colocando a bandeira vermelha com a foice e o martelo no mais alto cume da Europa. A batalha campal contra a cúpula do G20 foi um golpe na reação, no imperialismo e revisionismo que lhes servem; uma vitória da classe sobre a ofensiva contrarrevolucionária geral. Os elementos mais conscientes do proletariado mostraram para as massas mais fundas e profundas da Europa que o comunismo está vivo e desafiante, que a causa da Revolução Proletária e do Partido Comunista está na ordem do dia e as convoca a batalhas mais duras e mais longas!


Retirado de  Dem Volke Dienen  (Servir ao Povo – Alemanha)

A aliança antiimperialista se agrupou a partir de várias organizações para fazer resistência ao Encontro do G20 , em Hamburgo, Alemanha.. O objetivo declarado da aliança foi: “ Em meio a diversas formas de resistência, nós lutaremos com o intuito de enviar uma mensagem clara, internacionalista e revolucionária para aqueles que lutam contra o imperialismo em todo o mundo. Estamos a seu lado, lutamos sua luta! Enviamos esta mensagem, entre outras, para os camponeses do Brasil que dão suas vidas para iniciar uma grande revolução; enviamos esta mensagem para todos os que lutam contra a agressão imperialista no Curdistão, na Síria e Iraque. Nós a enviamos aos camaradas que dão suas vidas nas guerras populares do Peru, Turquia, Índia e Filipinas para que conduzam a revolução a seu objetivo; enviamos esta mensagem a todos os que levantam a bandeira da resistência contra o genocídio e a repressão draconiana do regime de Erdogan, na Turquia; esta mensagem vai para aqueles que erguem a bandeira da rebelião nas masmorras dos contra-revolucionários em toda parte do planeta e também para os comunistas e revolucionários que, a despeito das diferenças, lutam juntos nos países imperialistas para destruir a besta imperialista”.

Continuar lendo “Alemanha: Algumas notas referentes às atividades da Aliança Antiimperialista durante o Encontro do G20 em Hamburgo”

Sobre a atual situação na Venezuela – Parte III Seção II

Nota do blog:  Continuamos hoje com a publicação da “Leitura Crítica do Artigo ‘Venezuela: a crise econômica de 2016’, de Manuel Sutherland”, parte da importante análise feita pelos camaradas da Associação de Nova Democracia – Hamburgo.


Seção II

Uma leitura crítica do artigo “Venezuela: a crise econômica de 2016”, de Manuel Sutherland.

Antes de seguir com o artigo e nossa crítica, é necessário anotar que, como foi demonstrado pelo marxismo, a acumulação do capital é uma importante categoria econômica que expressa como se desenvolvem as forças produtivas da sociedade sob as relações econômicas capitalistas de produção, sob o sistema de produção capitalista, e seus limites que levam necessariamente a sua caducidade. É importante reiterar, para deixar bem claro, que a acumulação capitalista não expressa uma relação entre o homem e as coisas, mas um relação entre homens, uma relação social de produção, porque aí está precisamente a armadilha para tirar seu caráter de classe e velar as contradições, para negar a existência da situação revolucionaria em desenvolvimento desigual.

Continuar lendo “Sobre a atual situação na Venezuela – Parte III Seção II”

50 Anos do Levantamento de Naxalbari

Nota do blog: Hoje publicamos imagens de atividades feitas no Brasil e na Alemanha, por organizações democráticas e revolucionárias em celebração aos 50 Anos do Levantamento de Naxalbari e em apoio a Guerra Popular na Índia.

Retiradas de dazibaorojo.com, andblog.com e vnd-peru.blogspot.com


Continuar lendo “50 Anos do Levantamento de Naxalbari”

Sobre a atual situação na Venezuela – Parte III Seção I

Nota do blog:  Prosseguindo com as análises a respeito da situação na Venezuela, divulgamos importantes aportes dos companheiros da AND – Hamburgo (Nuevo Peru). Este artigo se caracteriza por subdivisões que publicaremos no decorrer das próximas semanas e que, para melhor compreensão, nomearemos aqui de “Seção”.

 Seção I

Uma leitura crítica do artigo “Venezuela: a crise econômica de 2016”, de Manuel Sutherland.

Continuamos abordando hoje, a situação da Venezuela a partir de uma leitura crítica do artigo “Venezuela: a crise econômica de 2016”, de Manuel Sutherland, pesquisador do Centro de Pesquisa e Formação Operária (CIFO) e professor alvo de represália da Universidade Bolivariana da Venezuela, publicada em sinpermiso.info em 31/08/2016.

Utilizamos esta forma para rebater os argumentos contrários a respeito e expor os nossos sobre a atual situação na Venezuela, isto desde o ponto de vista da posição e da concepção do marxismo-leninismo-maoismo, pensamento Gonzalo, para servir ao desenvolvimento do caminho do povo nesse país. E como tem que ser, não só analisamos criticamente mas também tomamos conclusões (síntese).

Continuar lendo “Sobre a atual situação na Venezuela – Parte III Seção I”