Não votar! Generalizar a guerra de guerrilhas para conquistar o poder para o povo! (PCP, 1985)

Comitê Central
Partido Comunista do Peru
1985

“Fortalecer os Comitês Populares, desenvolver as bases de apoio e fazer avançar a República de Nova Democracia”.

PCP

“Todos os reacionários tentam eliminar a revolução pela matança em massa e pensam que quanto mais gente assassinam, tanto mais débil será a revolução. Mas contra este desejo subjetivo da reação, os fatos mostram que quanto mais gente a reação assassina, maior é a força da revolução e mais se acercam os reacionários a seu fim. Esta é uma lei inelutável”.

MAO

I – A CRISE GERAL DA SOCIEDADE PERUANA

A sociedade peruana contemporânea está em uma crise geral; esta sociedade cujo processo começa em fins do século XIX está doente, grave, incurável e cabe somente transformá-la através da luta armada, como vem fazendo o Partido Comunista do Peru dirigindo o povo. Não há outra solução.

Continuar lendo “Não votar! Generalizar a guerra de guerrilhas para conquistar o poder para o povo! (PCP, 1985)”

Anúncios

América Latina – Guerra Popular (PCP, 1970)

Tradução não-oficial.

América Latina – Guerra Popular

Grandes vitórias, brilhante perspectiva

“A guerra revolucionária é a guerra das massas, e apenas pode ser realizada mobilizando as massas e apoiando-se nelas.”

“Nosso princípio é: o partido manda no fuzil e jamais permitiremos que o fuzil mande no partido.”

Mao Tsetung.

A situação mundial entrou em uma nova época: a do Pensamento Mao Tsetung. Sob este signo temos vivido nos últimos anos fatos que têm transformado enormemente o mundo.

As lutas de Libertação Nacional têm avançado incontivelmente, a Grande Revolução Cultural Proletária na China tem obtido grandiosas vitórias, o Movimento Comunista Internacional tem se fortalecido e as massas em todo o mundo, inclusive dentro dos países imperialistas e social-imperialistas, têm desatado furiosas tormentas revolucionárias, agitando todo o caduco e apodrecido sistema de exploração do homem pelo homem.

Continuar lendo “América Latina – Guerra Popular (PCP, 1970)”

Presidente Gonzalo: 2ª Guerra Mundial e o Movimento de Libertação Nacional

Tradução não-oficial.

Estimados camaradas da Associação de Nova Democracia (Hamburgo, Alemanha):

Na presente situação internacional e a serviço da revolução proletária mundial, consideramos de suma importância entregar-lhes os seguintes extratos, de uma intervenção muito mais ampla, do Presidente Gonzalo sobre a II Guerra Mundial e o poderoso movimento de libertação nacional e, dentro disto, o processo e triunfo da revolução chinesa.

Não cremos serem necessários maiores esclarecimentos a respeito, pois a leitura destes extratos convencerá nossos amigos da América Latina e do mundo sobre a necessidade de tal estudo para melhor cumprimento da jornada.

Calorosas saudações.

MPP (CR)

Setembro de 2017.

Continuar lendo “Presidente Gonzalo: 2ª Guerra Mundial e o Movimento de Libertação Nacional”

A encruzilhada coreana segundo um reacionário representante do imperialismo espanhol (Associação de Nova Democracia, Alemanha)

Tradução não-oficial.

Nota da Associação de Nova Democracia Nuevo Peru (Hamburgo, Alemanha): Continuando publicamos um artigo de Eugenio Bregolato, ex-embaixador da Espanha na China, como “Carta Chinesa” publicada na revista Política Exterior, Vol. XXXI, julho/agosto de 2017, Nº. 178, revista que representa de forma não-oficial as posições do imperialismo espanhol em política exterior e que publica frequentemente artigos favoráveis aos interesses dos  social-imperialistas chineses, pelo que parece-nos que recebe algum tipo de reconhecimento por parte dos lobistas chineses.

Também é necessário anotar que o Presidente Gonzalo em diversas oportunidades referiu-seà forma de governo estabelecida desde os tempos de Kim Il-Sung, como “essa realeza ridícula estabelecida por Kim”.

Continuar lendo “A encruzilhada coreana segundo um reacionário representante do imperialismo espanhol (Associação de Nova Democracia, Alemanha)”

‘Condenamos a ameaça e a guerra contra a RPDC, Irã e povos árabes’ (Associação de Nova Democracia Nuevo Peru, 2017)

Nota do blog: Publicamos tradução não-oficial do pronunciamento da Associação de Nova Democracia Nuevo Peru (Hamburgo, Alemanha) com respeito ao discurso/intervenção do genocida e arquirreacionário Donald Trump na Assembleia Geral da ONU, onde incrementou suas ameaças contra o terceiro mundo, especialmente a RPDC e o Irã, mas também contra os povos do Afeganistão e árabes que resistem à invasão de armas na mão.


Condenamos a guerra de agressão imperialista contra os povos do OMA e ameaças e bravatas contra a República Popular Democrática da Coreia (RPDC), Irã e contra os povos do Afeganistão e árabes

Rechaçamos e condenamos a atual guerra de agressão do imperialismo ianque e as bravatas e ameaças do genocida arquirreacionário Trump, pronunciadas em sua primeira apresentação diante da Assembleia Geral da ONU, em 19 de setembro, contra a República Popular Democrática da Coreia (RPDC), Irã e contra os povos do Afeganistão e árabes.

Continuar lendo “‘Condenamos a ameaça e a guerra contra a RPDC, Irã e povos árabes’ (Associação de Nova Democracia Nuevo Peru, 2017)”

Equador: 25 anos de sua prisão. Viva o Presidente Gonzalo!

PdteGonzalo

Nós estamos aqui nestas circunstâncias; alguns pensam que é uma grande derrota, eles sonham, dizemos que sigam sonhando. É simplesmente uma curva, nada mais, uma curva no caminho! O caminho é longo e com isso chegaremos, e triunfaremos! Vocês verão!

PRESIDENTE GONZALO

Há 25 anos a reação do Peru tomou como prisioneiro de guerra o presidente Gonzalo. Não vamos deixar de reconhecer o duro impacto que teve este fato no desenvolvimento da Guerra Popular no Peru e, com ele, no seio do MCI, mas de maneira nenhuma podemos cair na emboscada que pôs a linha oportunista de direita que esgrime, a partir deste fato, que se tratou de um golpe fulminante e que marcou a “derrota definitiva” da guerra popular no Peru.

Continuar lendo “Equador: 25 anos de sua prisão. Viva o Presidente Gonzalo!”

Viva Pedro Pomar, o grande dirigente comunista brasileiro!

Por ocasião do 104º aniversário do natalício do grande dirigente comunista camarada Pedro Pomar – 23 de setembro de 1913.

Núcleo de Estudos do Marxismo-leninismo-maoismo – Brasil

O camarada Pedro Pomar foi a principal e a mais alta expressão da ideologia do proletariado, o marxismo-leninismo-maoismo, da história do Partido Comunista do Brasil e assim deve ser reconhecido por todos verdadeiros comunistas brasileiros e da mesma forma reverenciada sua memória.

Pedro Ventura Fellipe de Araújo Pomar, o camarada Pomar, nasceu na cidade de Óbidos, no Pará, no dia 23 de setembro de 1913. Muito cedo tomou o caminho da luta revolucionária e logo, em 1932, ingressou no Partido Comunista do Brasil, tendo vivenciado já em suas fileiras a efervescência dos preparativos e combates do Levante Popular de 1935. Educou-se no fogo dos combates da luta de classes, nas peripécias do complicado caminho do movimento revolucionário e comunista de nosso país e na tenaz luta ideológica em meio da qual o movimento comunista internacional atravessou o Século XX. Assim se forjou o maior dirigente, autenticamente comunista, particularmente da terceira etapa da história do Partido Comunista do Brasil em sua primeira fase (de 1962 a finais dos anos de 1970). Uma vida inteira devotada ao Partido da Classe, às massas e à revolução comunista mundial.

Continuar lendo “Viva Pedro Pomar, o grande dirigente comunista brasileiro!”

Pronunciamento da Corrente do Povo Sol Rojo – México sobre a campanha solidariedade às massas afetadas por desastres

Nota do blog: Publicamos comunicado da Corrente do Povo Sol Rojo sobre a campanha de solidariedade movida em função de mobilizar, organizar e politizar as massas revoltadas pelo abandono do velho Estado que não cumpre suas funções por seu caráter de classe burguês-latifundiário. Saudamos aos camaradas pelo trabalho desenvolvido.

Tradução não-oficial.


México: Grande resposta das massas à campanha de ajuda aos povos de Istmo.

23-09 MEXICO

Comunicado da Caravana de Ajuda aos povos do Istmo

Aos povos de Istmo de Tehuantepec

As organizações sociais irmãs e sindicatos classistas

À classe trabalhadora e ao povo trabalhador

A manha deste 12 de setembro, três veículos de carga saíram da Cidade de Oaxaca até Istmo Rebelde com a missão de entregar o apoio que solidariamente a classe operária e o povo pobre da Cidade concentraram nos diferentes Centros de Coleta que nossa organização, desde o Comitê Estadual até suas distintas estruturas, instalou em diversos pontos.

Continuar lendo “Pronunciamento da Corrente do Povo Sol Rojo – México sobre a campanha solidariedade às massas afetadas por desastres”