Alemanha: Viva o 25º aniversário do discurso do Presidente Gonzalo

Tradução não-oficial.

Proletários de todos os países, uni-vos!

Viva o 25º aniversário do discurso do Presidente Gonzalo em 24 de setembro de 1992

“Nós estamos aqui como filhos do povo e estamos combatendo nestas trincheiras que são também trincheiras de combate e o fazemos porque somos comunistas! Porque nós defendemos aqui os interesses do povo, os princípios do Partido, a Guerra Popular, isso é o que fazemos, o estamos fazendo e seguiremos fazendo!”

Em 24 de setembro deste ano comemora-se o 25º aniversário do grande discurso do Presidente do Partido Comunista do Peru, o Presidente Gonzalo. Com o plano de socavar seu papel como líder da heroica guerra popular no Peru e sua imensa importância internacional para as nações em luta no mundo, a reação peruana tentou apresenta-lo diante da imprensa internacional aprisionado em uma jaula no dia 24 de setembro de 1992, doze dias depois de sua detenção. Ao contrário das tentativas de ridicularizá-lo, o Presidente Gonzalo pronunciou um discurso nestas condições, cujo sentido não é só histórico, mas também segue vigente hoje em dia na luta dos comunistas.

O DISCURSO DO PRESIDENTE GONZALO RESPLANDECE VITORIOSO E PUJANTE FRENTE AO MUNDO COMO ARMA DE COMBATE!

Em seu discurso, o Presidente Gonzalo não falou com a imprensa peruana ou internacional, não se dirigiu ao regime de Fujimori, mas se dirigiu diretamente e de maneira decisiva às massas do Peru, aos militantes do Partido e todo o movimento comunista internacional, nós. Em poucas palavras, apresentou em seu discurso o desenvolvimento da luta no Peru e no mundo, a análise dos comunistas sobre a situação mundial e as tarefas dali em diante para os comunistas, nossas tarefas. Sua análise do momento e a necessidade imediata de pôr em prática as tarefas assinaladas pelo Presidente mostraram cada hora, cada dia e cada ano, cada vez mais sua transcendência.

O Presidente Gonzalo, foi quem definiu o maoísmo como a etapa mais alta do marxismo. Ele é que armou o proletariado, com uma compreensão adequada e correta desta sua melhor arma, o marxismo-leninismo-maoismo, principalmente maoísmo e as contribuições de validez universal que aportam a seu desenvolvimento geral. E ele demonstrou como presidente do Partido Comunista do Peru a aplicabilidade desta arma na prática da guerra popular no Peru. O Presidente Gonzalo é o maior marxista-leninista-maoista vivente sobre a Terra, não é uma opinião nem um ponto de vista, mas um fato.

Sua atividade não se limita a este ou aquele papel, este ou aquele continente, esta ou aquela nação. Também para nós,os comunistas nos países imperialistas distantes da América Latina, o lema “Aprender do Presidente Gonzalo” têm plena força se realmente queremos fazer o comunismo realidade. Hoje, vemos como através de suas contribuições e sob sua bandeira, as forças comunistas no mundo se reunificam e formam para cumprir seu papel. Somente o encarnar, desfraldar, defender e aplicar o marxismo-leninismo-maoismo com as contribuições do Presidente Gonzalo aqui, vamos ser parte desta força poderosa e marcharemos superando os obstáculos em nosso caminho.

Diferentemente, os que falam das contribuições do Presidente Gonzalo, sem que tratem de transformar suas palavras em fatos, realmente só fazem promessas vazias de trocar suas contribuições como força viva em nossa luta. Os demagogos tratam de converter o Presidente Gonzalo em um ícone em lugar de pôr em prática suas contribuições, no intento ridículo de opor bandeiras vermelhas contra bandeiras vermelhas. E, estes, igual a todos antes deles, serão varridos como lixo da história quando o tempo tenha chegado. Para nós, os aportes do PCP e seu Presidente são contribuições,e não abstratas teorias de outro tempo, mas instruções e armas de combate. É por isso que se celebra o 25º Aniversário do Discurso do Presidente Gonzalo em 24 de setembro de 1992 e o Dia da Heroicidade, motivo pelo qual uma grande declaração dos partidos e organizações marxistas-leninistas-maoistas foi publicada ano passado no 30º aniversário.

O Presidente Gonzalo se encontra isolado na prisão subterrânea de segurança máxima na Base Naval de Callao, a mais de 25 anos. Nunca capitulou. Seu discurso, sustentado sob as mais severas condições, plenamente vigente, resplandece vitorioso e pujante ante o mundo como arma de combate. Finalmente escuta essas palavras:

“Finalmente agora escutemos isto, como vemos no mundo, o maoísmo marcha incontivelmente para comandar a nova onda da revolução mundial. Entenda-se bem e compreenda-se! Os que tem ouvidos, usem. Os que tem entendimento, e todos temos, maneje-o! Basta de bobagens, basta de escuridão! Entendamos isso! O que se desenvolve no mundo? O que necessitamos? Necessitamos que o maoísmo seja encarnando e o está fazendo e que gere Partidos Comunistas, para manejar, para dirigir, essa nova grande onda da revolução proletária mundial que está vindo”.

Viva o 25º Aniversário do Discurso do Presidente Gonzalo, em 24 de setembro de 1992!

Aprender do Presidente Gonzalo!

Defender a vida e a saúde do Presidente Gonzalo!

Revista Posición de Clase

Coletivo Frente Vermelha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s