Equador: Desmascarar e aplastar o revisionismo e o oportunismo! Viva o Comitê Bandeira Vermelha da Alemanha! (Partido Comunista do Equador – Sol Vermelho)

Tradução não-oficial


Desmascarar e aplastar o revisionismo e o oportunismo!

Viva o Comitê Bandeira Vermelha da Alemanha!

O proletariado e o povo do Equador, se solidariza com os camaradas do Comitê Bandeira Vermelha, da Alemanha, que na marcha de 1º de Maio foram covardemente agredidos por oportunistas e revisionistas em conluio com os aparatos repressivos do Estado.

Algo que nós comunistas no Equador aprendemos é que fiéis aos princípios do marxismo-leninismo-maoismo, pensamento gonzalo, a construção dos instrumentos para a revolução deve, necessariamente, ter aquele caráter de construção concêntrica e simultânea do Partido, Frente e do Exército, sendo o Partido o centro. Ou seja, não podemos construir primeiro o Partido e depois o Exército e a Frente, simplesmente porque não teremos o sustento das massas e o respaldo armado que vá garantindo e consolidando cada posição ganha na construção e preparação da guerra popular.

Esta construção concêntrica e simultânea nos permite ir, em meio ao processo, gerando espaços e ações que de uma ou outra maneira comprometem a destruição dos cenários e arsenal político com o que conta o imperialismo, o velho Estado e seu aliado estratégico, o revisionismo. Então, aqui a consolidação deste processo só pode se dar construindo partidos militarizados, e sujeitos de nossa experiência em particular, militarizar também os cenários de trabalho de Frente.

De toda as maneiras, a agressão que sofreram os camaradas da Alemanha, é também uma agressão ao proletariado internacional e a assumimos dessa maneira, com todas as responsabilidades que compromete a nossa militância e suas tarefas a respeito.

A covarde e odiosa agressão destes miseráveis alinhados não apenas com o velho revisionismo e o oportunismo, apenas com a LOD, que se expressa como o novo revisionismo, também sugere aos comunistas dois elementos de importância que devem ser considerados: que os membros do Comitê Bandeira Vermelha estão desfraldando, aplicando e defendendo a linha ideológica correta, então a reação, os oportunistas e os revisionistas operam, atuam, desnudam seus verdadeiros propósitos e por sua vez evidenciam que estamos transitando o caminho que a classe e o povo devem caminhar para a conquista do poder. Bem dizia o presidente Mao “para nós, é mau se uma pessoa, Partido, Exército ou escola não é atacado pelo inimigo porque isso significa que desceu ao nível do inimigo. É bom se o inimigo nos ataca porque isso prova que deslindamos os campos com ele. E melhor ainda se o inimigo nos ataca com fúria e nos pinta de negro e carentes de toda virtude, porque isso demonstra que não apenas deslindamos os campos com ele, como alcançamos notáveis êxitos em nosso trabalho” e essa é a verdade camaradas, e ante estes ataques se multiplicarão, e cada vez serão mais traiçoeiros e cruentos, então aqui opera o outro aspecto, o outro elemento, a resposta, a necessário reação, fazer o inimigo de classe saber que não somos mansos e pusilânimes cordeiros, que não estamos dispostos a dar a outra face, que devolveremos palavra por palavra, golpe por golpe, sangue por sangue, e ao final os afogaremos em seu próprio sangue, com toda sua imundície ideológica, pois estamos certos que “fazer a revolução não é oferecer um banquete, nem escrever uma obra, nem pintar um quadro ou fazer um bordado; não pode ser tão elegante, tão pausada e fina, tão gentil, amável, cortês, moderada e magnânima. Uma revolução é uma insurreição, é um ato de violência mediante a qual uma classe derroca a outra”.

Nossa solidariedade, respaldo e reconhecimento ao brilhante trabalho que vem realizando o proletariado da Alemanha hoje expresso no Comitê Bandeira Vermelha, porta-estandarte da linha ideológica correta, o marxismo-leninismo-maoismo, do pensamento Gonzalo, e que sobre os fatos, vão demonstrando que a possibilidade de  forjar comunistas de nova estirpe nas entranhas do imperialismo é uma realidade palpável e que se ajusta aos interesses do proletariado internacional e sua meta final: o comunismo.

 

Viva o Comitê Bandeira Vermelha da Alemanha!

Viva o marxismo-leninismo-maoismo!

Viva o pensamento gonzalo!

Desmascarar e aplastar o revisionismo como serviçal do imperialismo e aliado estratégico da reação!

Morte ao imperialismo, morte ao revisionismo!

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s