Peru: 39 anos do Início da Luta Armada (Partido Comunista do Peru – Comitê de Reorganização)

Tradução não-oficial

Proletários de todos os países, uni-vos!

A faísca que incendiou a pradaria em 17 de maio, camaradas, não se apagou nunca

“Provocar distúrbios, fracassar, voltar a provocar distúrbios, fracassar de novo… até à sua ruína – tal é  a lógica dos imperialistas e de todos os reacionários do mundo perante a causa do povo, e eles jamais marcharão contra tal lógica. É uma lei do Marxismo. Quando dizemos que “o imperialismo é feroz”, queremos dizer que a sua natureza nunca mudará e que os imperialistas jamais deixarão de lado os seus facões de carniceiros nem se transformarão em Budas, e isto até à sua ruína.

Lutar, fracassar, lutar de novo, fracassar de novo, lutar outra vez… até à sua vitória, eis a lógica do povo, e este também jamais marchará contra tal lógica. Esta é outra lei marxista. A revolução do povo russo seguiu esta lei e o mesmo acontece com a revolução do povo chinês.”

(Presidente Mao, “Abandonai as ilusões e preparai-vos para a luta”)

 

A faísca que incendiou a pradaria em 17 de maio.

Quiseram e querem apagá-la, e não somente isso, espalhar cinzas ao vento, eles, os que foram camaradas de estrada e os pacificadores.

Ódio visceral dos caducos de ontem e uma vez mais, em bancarrota.

A chama do fogo intenso, camaradas, não apagou nunca.

O sol incandescente, seu exemplo ainda brilha; luz imarcescível que também impõe com grande estrondo nos ouvidos do povo. É martelada constante de vozes e punhos em alto.

Néscio quem não quer escutá-lo. Acaso não veem que tambores de guerra soam por toda a parte? Já não é somente aqui; pior ainda aqueles que escutam e se desviam para outro caminho.

A faísca que incendiou em 17 de maio pulsa muito rapidamente no campo, nas batatas, nos frutos, nos buracos, nos rios, pulsa com mais força em todos os rincões do campo, replica como caixa de ressonância na cidade, é ímpeto em seus filhos assim, mas pelo novo e superior ascenso.

E à classe que demanda sua vanguarda, guia, e no papel de seus melhores filhos que transitam com sua luz, levantando estandartes do maoismo e do pensamento gonzalo, aportes de validez universal ante os olhos do mundo (…).

Camaradas, as massas demandam, exigem, querem, necessitam, clamam guerra popular até o comunismo e não podemos ser surdos e cegos a isso.

Pelos que partiram e pelos que virão.

É um crime apagar a luz e o fogo.

É dever atiçá-lo.

Que as faíscas se façam fogueiras e o incêndio purifique-nos.

Alcemos a foice com desafiante sigilo e com martelos inquietantes agitemos nossa invicta bandeira vermelha uma vez mais.

Viva o 39º Aniversário da Guerra Popular!

Viva o Presidente Gonzalo, chefe do partido e da revolução!

Glória ao marxismo-leninismo-maoismo, pensamento gonzalo!

Honra e glória ao proletariado e povo peruano!

Desde já camaradas, a Conferência Internacional Maoista Unificada (CIMU) convocada pelos Partidos e Organizações Maoista é um rotundo êxito, pela preparação, processo que segue e é desenvolvimento inegável que tem na reunificação dos comunistas, é a mais alta homenagem celebratória do Primeiro Centenário da Fundação da III Internacional Comunista por Lenin e ao papel cumprido pelo camarada Stalin. Nos demanda seguir seu exemplo e elevá-lo mais alto na difusão do comunismo no mundo e na forja dos partidos comunistas em todo o Orbe. Agora, com partidos comunistas marxistas-leninistas-maoistas, militarizados.

Viva o Primeiro Centenário da III Internacional Comunista!

Estamos guiados por nossas invictas bandeiras de Marx, Lenin e o Presidente Mao Tsetung. Com o punho no alto e o peito cheio, dizemos honra e glória ao marxismo-leninismo-maoismo e reconhecemos a firme disposição dos partidos e organizações maoistas de aplicar as contribuições de caráter universal do pensamento gonzalo.

Dizemos:

Somos comunistas, forjados com o aço mais puro à imagem e semelhança do presidente Gonzalo. Feliz 39º aniversário e celebremos o 30º Aniversário de nosso Marco Imperecível de Vitória, o I Congresso, Congresso Marxista, Congresso marxista-leninista-maoista, pensamento gonzalo.

Partido Comunista do Peru (Comitê de Reorganização)

Maio de 2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s