Carta do Partido Comunista do Brasil (Fraçao Vermelha) ao Partido Comunista (maoista) do Afeganistão

Proletários de todos os países, uni-vos!

24 de junho de 2020

Ao Partido Comunista (maoista) do Afeganistão,

Camaradas,

O Comitê Central do Partido Comunista do Brasil (Fração Vermelha), se dirige ao Comitê Central do Partido Comunista (maoista) do Afeganistão, a todos seus dirigentes, quadros e militantes, ao proletariado e massas oprimidas que lutam sob sua direção, para manifestar nosso profundo e fraternal pesar pelo falecimento do camarada Zia.

Como presidente e fundador do Partido Comunista (maoista) do Afeganistão, o camarada Zia teve um papel fundamental para o movimento revolucionário proletário no Afeganistão e destacou-se como uma figura proeminente para o Movimento Comunista Internacional, participando ativamente em todas as batalhas ideológica e políticas fundamentais do Movimento Comunista Internacional.

O MCI não pode avançar sem uma luta de duas linhas franca e aberta por unificar-se em torno dos princípios fundamentais do marxismo-leninismo-maoismo, contra o revisionismo e todo oportunismo. Aqueles que querem obstaculizar a luta de duas linhas aberta, franca e organizada em nome da “unidade”, como bem advertia o grande Lenin sobre os que levantam a bandeira da unidade para, na prática, sabotar a unidade, a unidade verdadeira.

A luta de duas linhas no Movimento Comunista Internacional está se elevando a um novo patamar. Nestas batalhas recentes, nossos partidos, enquanto partidos comunistas irmãos, assumiram posições contrárias em torno de uma série de questões de princípios, sobre as quais começamos a desenvolver uma luta franca e aberta, com o objetivo de conquistar a verdadeira unidade de princípios no Movimento Comunista Internacional. Nesta luta acreditamos que o camarada Zia e seu partido, desde uma posição oposta a nossa, foram e são partidários da unidade baseada nos princípios, e seu exemplo deve ser seguido.

Sua morte prematura, no momento em que os comunistas em todo mundo avançam na luta por realizar uma Conferência Internacional Maoista Unificada e fundar uma Nova Organização Internacional do Proletariado, é um importante prejuízo para o Movimento Comunista Internacional.

No momento em que se aprofunda a crise do sistema imperialista mundial e se multiplicam novas e poderosas ondas de rebeliões populares como um tufão pelo mundo, anunciando um novo momento para a Revolução Proletária Mundial, estamos seguros de que o proletariado e massas populares do Afeganistão poderão transformar esta perda em mais decisão, unidade e audácia para cumprir suas urgentes tarefas, e através da guerra popular, expulsar o invasor rapace, aplastar seus lacaios para o triunfo da revolução de nova democracia, servindo à Revolução Proletária Mundial em varrer o imperialismo e toda a reação da face da terra.

Honra e Glória eterna ao camarada Zia!
Viva o marxismo-leninismo-maoismo, principalmente maoismo!
Abaixo a Guerra imperialista! Viva a invencível Guerra Popular!

Fraternalmente,

Partido Comunista do Brasil (Fração vermelha)- P.C.B. (FV)
Comitê Central

Um comentário sobre “Carta do Partido Comunista do Brasil (Fraçao Vermelha) ao Partido Comunista (maoista) do Afeganistão

  1. Pingback: Hæder og ære til Kammerat Zia! – Socialistisk Revolution

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s