‘Celebrar o 42º aniversário da Guerra Popular no Peru!’ (jornal Internacional Comunista, maio 2022)

Tradução não-oficial.

Proletários de todos os países, uni-vos!

Celebrar o 42º aniversário da Guerra Popular no Peru!

Hoje, o Movimento Comunista Internacional celebra o aniversário do início da guerra popular no Peru em 17 de maio de 1980. Um momento histórico. Um marco na epopeia do proletariado internacional, com o qual entra na ofensiva estratégica da revolução proletária mundial.

Reafirmamos que o glorioso Partido Comunista do Peru é a Fração Vermelha do MCI e o Presidente Gonzalo – mais brilhante do que nunca – é a garantia de vitória, o maior marxista-leninista-maoista da época atual, continuador de Marx, Lenin e Presidente Mao Tsetung, mestre de mestres, grande filósofo e estrategista, forjador das legiões de ferro que hoje ressurgem no novo período de revoluções, no qual estamos entrando, forjando uma unidade vermelhíssima.

Nesta ocasião destacamos o peso e a importância das novas guerras populares que hão de iniciar, acendendo a faísca que incendiará toda a pradaria que transformará o velho em cinzas e, finalmente, como a pura e gloriosa ave Fênix, o Comunismo surgirá.

Camaradas, estamos vivendo em tempos de guerra, nenhuma pessoa honesta pode negar este simples fato. Livre-se de restrições mesquinhas e medíocres. Especialmente nos países imperialistas, há que abandonar a vida cômoda dos parasitas. Atenda à necessidade. Não se pode ficar parado assistindo. As decisões têm de ser tomadas, tomadas e executadas com toda a força e determinação e com todo o horror que possam acarretar.

Não é mediano assaltar o céu, mas é isso que estamos fazendo e faremos. Repetidamente, os limites do factível, do acessível, do descomplicado devem ser esmagados e pisoteados pelo nosso ritmo constante. Quem ficar no caminho, passaremos por cima.

Sendo comunistas, não tememos nada. Por quê? “Acredito que o medo e a falta de medo formam uma contradição. A questão é assumir nossa ideologia e dar rédea solta ao valor que carregamos dentro de nós. É a nossa ideologia que nos torna corajosos, que nos dá coragem. Na minha opinião, ninguém nasce corajoso. É a sociedade, a luta de classes que torna as pessoas e os comunistas corajosos, a luta de classes, o proletariado, o Partido e a nossa ideologia”, como disse o Presidente Gonzalo.

Estamos condenados a ser vencer. Isso é um fato. Inspirador e estremecedor ao mesmo tempo. Glorioso e belo.

Honra e glória eterna ao Presidente Gonzalo!

Viva, viva o Partido Comunista do Peru!

Viva, viva a Guerra Popular no Peru!

Unir-se sob o Maoismo!

Guerra Popular até o Comunismo!

CI-IC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s