“Combatente guerrilheiro”, canção popular peruana

Retirado do site da FERP (Chile)

Combatiente guerrillero,
rojo corazón que hacia las Bases te vas;
ven, dime cómo en los Andes
está floreciendo la Guerra Popular.

Se ve la bandera en la cumbre
señalando el rumbo al nuevo Perú;
el mundo de la hoz y el martillo
con el Presidente Gonzalo y su luz (bis)

Para el viejo orden el sol ya se apaga,
la nueva aurora lo enterrará;
los que con su sangre el surco regaron,
la nueva semilla cosechando están.

Para el viejo orden el sol ya se apaga,
la nueva aurora lo enterrará;
los que con su sangre el surco regaron,
la nueva semilla cosechando están (bis).

Killincho, hermano guerrero,
rojo corazón que hacia las Bases te vas,
ordénale al pukuysito
que de la señal para el asalto final.

Desarrollar Bases de Apoyo,
es la gran consigna que cumpliendo están.
Los campos ya reverdecen,
con el astro rojo del nuevo poder (bis)

Porque que en nuestra patria asaltamos los cielos
y en el horizonte se levanta el sol.
Con la lucha armada vencer las tinieblas.
Viva el maoísmo, ¡viva el PCP!. (bis)

Anúncios

“Presidente Gonzalo”, canção popular peruana

Retirado do site da FERP (Chile)

El Presidente Gonzalo, luz de las masas,
el Presidente Gonzalo es nuestro jefe.
Él desarrolla guerrillas del campo a la ciudad
para instaurar bases de apoyo del nuevo Estado (x2)

García es el verdugo de nuestro pueblo,
García es el verdugo de nuestro pueblo.
Está usando a los sinchis para matar guerrilleros,
a los mejores hijos del pueblo que hacen justicia (x2)

La sangre del pueblo riega la lucha armada,
la sangre del pueblo riega la lucha armada.
El tiempo nos pertenece, la aurora despliega ya,
ya se derrumban los viejos mundos del viejo orden (x2)

“O caminho está definido”, Presidente Gonzalo

Nota do blog: Um dos poemas estruturados a partir de intervenções do Presidente Gonzalo, compilados no livro “Poemas de Guerra” (edições Ayacucho).

O caminho está definido

Que as ações

armadas

falem.

É peremptório,

urgente.

É uma voz de ordem.

A demanda a classe

A demanda a história

A demanda o povo

É uma necessidade

O feito antes

nos trouxe

até aqui.

O caminho está definido

As ações estabelecidas

Cumpri-lo!

Não

temos

outro

direito.

“Não podemos falhar”, por Presidente Gonzalo

Nota do blog: Um dos poemas estruturados a partir de intervenções do Presidente Gonzalo, compilados no livro “Poemas de Guerra” (edições Ayacucho).

Não podemos falhar

Assim há de ser, camaradas,

Assim há de ser.

A briga será dura

longa

difícil

cruenta

há que temperar a alma

ser fortes

vigorosos

não temer

e estar seguros

da vitória

Com decisão e firmeza

iniciaremos

a Luta Armada

a desataremos

e suas bandeiras

povoarão nossa terra

com rotundas ações

que registrará

a história.

Camaradas,

nosso povo entra

a tomar o poder

pelas armas

Isso faremos nós!

A isso servimos

e serviremos

O povo

a classe

o proletariado

o demandam

Não podemos

não devemos

falhar.

“Os homens da terra”, por Vinicius de Moraes

Vinicius de Moraes

Em homenagem aos trabalhadores da terra do Brasil, que enfim despertaram e cuja luta ora inicia.

Senhores Barões da terra
Preparai vossa mortalha
Porque desfrutais da terra
E a terra é de quem trabalha
Bem como os frutos que encerra
Senhores Barões da terra
Preparai vossa mortalha.
Chegado é o tempo de guerra
Não há santo que vos valha:
Não a foice contra a espada
Não o fogo contra a pedra
Não o fuzil contra a enxada:
– União contra granada!
– Reforma contra metralha!

Continuar lendo ““Os homens da terra”, por Vinicius de Moraes”

Celebrar os 50 anos da Grande Revolução Cultural Proletária!

Pedimos aos leitores que acompanhem este blog (link abaixo) sobre os 50 anos da Grande Revolução Cultural Proletária que tanto estamos tratando neste ano corrente. Aproveitamos para reafirmar o convite lá feito, para o Ato Político-cultural em celebração desta importantíssima data para o proletariado internacional e revolucionários:

Ato político-cultural

Dia 14 de outubro, a partir das 13h00

Teatro Mário Lago – Colégio Pedro II

São Cristóvão – Rio de Janeiro – RJ

Brasil

http://celebrar50anosgrcp.blogspot.com/