China sob a pandemia da Covid-19 (Grupo marxista-leninista-maoista clandestino)

Tradução não-oficial do original publicado por New Epoch.

 

China – Sob a epidemia da Covid-19

28 de Maio

NOTA NEW EPOCH – A seguir publicamos um artigo sobre a sociedade chinesa sob a pandemia, que nos foi enviado por “um grupo marxista-leninista-maoísta clandestino na China”. Nos foi remetido com o pedido de publicação, por causa da dura condição de se fazê-lo sob a repressão recente na China e com a intenção de ajudar o movimento revolucionário internacional a compreender mais sobre a essência da China imperialista.


Em abril de 2020, enquanto a epidemia na maioria dos países ainda não foi efetivamente controlada, a epidemia na China tem estabilizado gradualmente. Assim, no período recente, as chamadas “conquistas chinesas”, o “caminho chinês”, o “modelo chinês” e outros termos, começa a tocar o tambor do imperialismo chinês, mas é realmente o chamado “sistema chinês” que permitiu à China sair à frente no controle à epidemia? E é, ainda, o espírito de “servir o povo” das autoridades chineses que acabou com a epidemia mais rápido? De fato, a superação da epidemia não pôde ser alcançada sem o comando das autoridades chinesas, mas podemos concluir daí que o sistema chinês tem vantagens ou mesmo que a classe dominante da China imperialista realmente serve o povo?

Não, nunca!

Para superar uma emergência pública de ordem maior, o quê um país precisa primeiro? É um sistema político? Obviamente que não, antes destes sistemas, ao menos deve haver ali suficiente e mobilizáveis força humana e recursos materiais. No momento, a China, como um país imperialista emergente, tem recursos abundantes em sua vasta terra; a China imperialista tem a maioria e os melhores trabalhadores do mundo e a sua maioria possui uma simplicidade e um sentimento patriótico e assim como uma faca de dois gumes os faz enganados pela burguesia; graças à construção da era socialista, a produção industrial da China imperialista figura no topo do ranking mundial, e há todos os tipos de linhas de produção de vários materiais. É o apoio de fortes forças materiais que permitirá à China ser liderança na saída da epidemia. Em contraste, em velhos países imperialistas como os EUA etc, devido à ganância do capital de multiplicar-se rapidamente, e por causa da taxa de mais-valia dos velhos países imperialistas ter decaído gravemente, o capital fluiu para o capital financeiro, o que levou à desindustrialização em larga escala, enquanto a manufatura foi realocada para o exterior. Como pode a força material ser mobilizada em tempo suficiente sob estas circunstâncias? A China ainda não passou por desindustrialização em larga escala, muito por causa da força de trabalho doméstica chinesa ainda ser barata o suficiente para sustentar as altas taxas de mais-valia dos capitalistas.

Pode o sistema político chinês ser afirmadamente positivo pelo melhor desempenho da China nessa epidemia? A resposta é obviamente que não. Desde o começo, os burocratas burgueses puniram o “vazamento” da epidemia como se fosse um rumor; posteriormente, conforme a epidemia continuou a expandir, eles murmuraram algumas palavras sobre [N.T.: o vírus] ser “prevenível e controlável”; no momento de atacar a epidemia, fizeram conluio com alguns capitalistas comerciais como esgotos mau cheirosos [N.T.: não está claro se seria empresas do ramo de saneamento ou se é um adjetivo pejorativo] para monopolizarem o fornecimento de alimentos para obterem superlucros enquanto forneciam mantimentos básicos aos residentes. Alguns tentaram quebrar o monopólio e foram pegos pela polícia, outros tentaram protestar, então a comunidade (tentáculo da burocracia burguesa que tem capilaridade) os retaliou levando as verduras em caminhões de lixo.

O que deve ser mencionado é que a Cruz Vermelha em Hubei desviou recursos e materiais, olvidou a hospitais públicos que faltavam material, e enviou muitos materiais para os líderes dos hospitais privados. Este fenômeno é tão aberto e descarado que as massas do povo não aguentaram mais. O povo, espontaneamente, organizou para completar a cadeia de suprimentos da manufatura aos hospitais, driblando a Cruz Vermelha, e aliviando a necessidade urgente dos hospitais públicos. A organização espontânea e o comportamento “anti-epidemia” do povo merece reconhecimento, mas essa valorosa atitude é tida como ilegal pela Cruz Vermelha de Hubei e certos departamentos de governo. Aparentemente [N.T.: tal atitude] não seria favorável a uma gerência unificada, mas na verdade, o que não favorece é que se leve propina aos bolsos dos burgueses burocratas.

Mas ainda haverá pessoas que não se convencerão, e dirão que o sistema de saúde da China jogara um papel importante [N.t.: no controle do vírus], de que o sistema público de saúde é também uma característica do sistema chinês. De fato, o sistema público de saúde legado pelo período socialista ainda não desapareceu completamente e os hospitais públicos ainda têm um papel importante. Mas, olhando para o problema, não podemos ver apenas o presente, mas também a tendência. Durante os anos, com a “reforma aprofundada” ou o retrocesso neo-liberal das autoridades imperialistas chinesas, tudo se move no sentido da privatização, e a indústria média não é exceção. O tipo de hospital de “Putian”* (na verdade, um tipo de hospital privado) que matou Wei Zexi brotaram salas de emergência como cogumelos na primavera [N.T.: No original se faz um trocadilho com ‘cogumelo na primavera’, no inglês, spring mushroom, com a palavra ‘rushroom’, que significa sala de emergência] nos últimos anos. Ao mesmo tempo, hospitais públicos foram violentamente espremidos. Tentando ganhar a confiança das pessoas, por outro lado, os recursos foram cortados ano a ano e talentos foram perdidos também ano a ano. Muitos médicos de hospitais públicos são forçados a irem para hospitais privados para sobreviverem. Mas, nessa epidemia, hospitais privados dificilmente jogaram qualquer papel positivo. Em adição, seguridade social e tratamento médico não são únicos na dita “China socialista”. A Grã-Bretanha tem o Sistema de Saúde Nacional (NHS), mas ninguém vai pensar que este é um país socialista. As pessoas que acham que o sistema de saúde pública chinês, por ter um papel importante, concluem que a China é um país socialista, obviamente não sabem o que é socialismo.

Obviamente, o alívio prematuro da epidemia simplesmente não prova a superioridade do sistema imperialista chinês. Usar o alívio prematuro da epidemia para demonstrar que o sistema imperialista chinês é fundamentalmente superior do que qualquer outro país imperialista é obviamente errado.

Portanto, a resposta positiva das autoridades imperialistas chinesas à epidemia é realmente derivada da ideia de servir o povo?

A vantagem relativa da China em combater a epidemia é que esta tem uma vantagem enquanto fábrica global, que é essencialmente poderosa na opressão impiedosa dos operários. O propósito das autoridades imperialistas chinesas em controlar a epidemia não era para “salvar o povo do desastre”, mas em manter a ordem da produção capitalista. Afinal, se os operários estivessem todos doentes, como a burguesia exploraria sua mais-valia?

Mais ainda, antes do alívio da epidemia, a burguesia imperialista chinesa não podia esperar em aumentar a intensidade da exploração e opressão. Os operários da construção do Hospital de Leishenshan e de Huoshenshan, que deram grande contribuição na luta contra a epidemia, ficaram não só sem pagamento, como também foram ainda mais espremidos sob a justificativa de despesas alimentares durante o isolamento, ao mesmo tempo, os salários que eram devidos foram reduzidos a 1% do nível original por deduções, alguns operários protestaram, mas o que foi negociado não foi mais do que repressão, porrete, interrogatórios e prisões; os bônus e outros rendimentos para operários de fábricas de equipamentos médicos foram também cancelados pelos patrões em nome de combater a epidemia; as médicas mulheres e enfermeiras que trabalharam duro para combater a epidemia foram usadas como peça de propaganda pelas autoridades chinesas e para demonstrar sacrifício, algumas enfermeiras foram obrigadas a rasparem a cabeça aos prantos, algumas equipes médicas de mulheres foram enviadas às áreas críticas de epidemia e forçadas a abrirem mão dos subsídios que mereciam; se por um lado, uma quantidade enorme de pessoal médico faz grandes esforços para combater a epidemia, de outro lado, recebem apenas salários-mínimos, mesmo esse mínimo ainda é incompleto.

Agora, no momento que a epidemia apenas amenizou mas ainda não foi completamente derrotada, a retomada do trabalho e da produção, ou a restauração da ordem de produção capitalista foi posta na agenda pelas autoridades imperialistas chinesas. Quando da promoção à retomada da produção, as autoridades imperialistas chinesas foram extremamente generosas com a burguesia, dando subsídios e empréstimos com baixas taxas ou nenhuma taxa de juros, mas não proveram o auxílio necessário para os operários em crise. No máximo, deram uma migalha de pagamento. Um grupo operário de chineses marxistas registrou alguns fatos: O Ministro de Recursos Humanos e Seguridade Social (MRHSS) das autoridades, descaradamente, declarou que “as empresas poderão negociar redução de salários e atrasos”, “quando a produção for suspensa, as férias anuais dos operários serão descontadas”, e ao mesmo tempo, os infectados com a COVID-19 durante o trabalho não contarão como acidente de trabalho e, por isso, não poderão ser indenizados; a Foxxcon, um grupo gigante manufatureiro que absorveu bastante mão de obra barata, cortou incontáveis operários temporários em fábricas por todo lado; um conglomerado internacional chamado Hisense foi denunciado pelas demissões de dezenas de milhares de pessoas; em Shenzhen, um operário padrão foi espancado pela Chengguan (Delegacia de Oficiais da Agência de Segurança Administrativa Urbana) por nenhuma razão; a violência policial é rampante; a BYD, uma gigante fabricante de automóveis, está pagando um salário de 300 yuan por mês para muitos empregados, que é apenas o suficiente para três dias de comida nas cidades de primeira ou segunda ordem na China. Finalmente, de acordo com a análise particular de intelectuais progressistas, a taxa de desemprego na China hoje é aproximadamente 20%.

Os registros do grupo de operários marxistas e a análise dos intelectuais progressistas provam que o povo trabalhador está sofrendo dores sem precedentes, a classe operária está sofrendo violenta opressão, mas as autoridades estão ainda ocultando as dificuldades sofridas pela população, usando a repressão e propaganda mentirosa para criar uma cena harmônica que não existe. Os fatos acima relatados podem comprovar cabalmente que os gigantes tirânicos da burguesia monopolista das autoridades imperiais chinesas não servem ao povo de maneira nenhuma, mas sim aos interesses da burguesia.

Em adição, deve ser apontado que o povo chinês primeiro fez um grande sacrifício nessa epidemia. Por causa do vírus ter irrompido durante o tradicional Festival Chinês da Primavera, os operários das fábricas de equipamento médico que estavam de férias, alguns trabalhadores que construíram os hospitais de Huoshenshan e Leisehnshan, médicos e entregadores, além de outros incontáveis trabalhadores, abriram mão de estarem com suas famílias, abriram mão de férias, enfrentaram riscos de infecção e retornaram ao trabalho. Outras pessoas que não precisavam voltar ao trabalho urgentemente seguiram as orientações e ficaram em casa por dois meses sob a pressão de desemprego e corte salarial. Foram os sacrifícios imensos feitos pelo povo chinês que controlou a situação da epidemia. É esta a organização trazida pela simplicidade e sentimento patriótico do povo chinês, que mostra que o povo chinês pode se organizar muito bem. Os sacrifícios feitos pelo povo chinês para controlar a epidemia são dignos de reconhecimento. A organização demonstrada pelo povo chinês na epidemia mostra o enorme potencial revolucionário que possui.

Quando a simplicidade e o sentimento patriótico do povo chinês é transformado em espírito revolucionário do proletariado, o fim da China imperialista virá, o povo chinês com uma gloriosa tradição revolucionária se porá de pé uma vez mais e derrotará completamente a tirania autocrática da burguesia monopolista! Os chineses revolucionários trabalharão juntos e somarão esforços sob a guia do marxismo-leninismo-maoísmo, e alcançarão as massas continuamente. Que as massas organizem a revolução e eventualmente afunde os reacionários no vasto oceano da guerra popular!

(Escrito pelo grupo MLM clandestino na China)

Maio de 2020

*Putian é uma cidade no sul da China, famosa pela reputação de golpes e esquemas. Quando da restauração capitalista e da restauração da economia de mercado, muitos golpistas e trambiqueiros se concentraram em Putian, muitos enriqueceram nestes esquemas, organizaram quadrilhas de golpistas e charlatões. Uma parte destes entrou no ramo da medicina, que permitia o interesse privado. Com a restauração capitalista, setores de grandes hospitais foram privatizados, com isso empresas que nem sequer precisavam ser do ramo da Medicina, poderiam explorar comercialmente setores destes hospitais. Assim, muitas destas alugavam prédios e departamentos de hospitais conhecidos, atraindo pacientes, e no final os deixavam sem tratamento. Um caso que ganhou repercussão nacional foi o de Wei Zexi, que morreu de câncer e que se demonstrou, posteriormente, que este jamais recebera tratamento médico, em um destes esquemas, e que fora literalmente deixado para morrer. Hospitais “Putian” pagaram à monopolista de tecnologia Baidu (equivalente ao Google chinês) para alavancarem sua imagem na rede e mascarar o escândalo, mas não tendo sucesso, hoje “Putian” é sinônimo de golpe e charlatanismo.

Fonte: Quora.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s